10+ acervos digitais para começar sua pesquisa agora!


A pesquisa é o ponto de partida de toda reconstrução histórica. A principal característica que diferencia um bom grupo reconstrucionista é a integridade de sua pesquisa, o que garante não só um conhecimento sólido sobre o período representando, mas também uma maior autenticidade na reconstrução: como seria possível reproduzir objetos de uma determinada época sem conhecer os objetos que de fato existiam nela?

Para quem está fora das universidades ou longe das grandes cidades, acessar as fontes primárias necessárias pode ser um problema, mas há alternativas. Separamos uma lista de instituições que possuem acervo digitalizado – clique nos nomes e divirta-se!

 

1. Biblioteca Nacional (RJ)

O maior acervo de jornais e revistas antigos do país, com títulos do país inteiro, organizados por título, período e local. Permite a busca textual, ou seja, você pode lançar uma palavra e localizar diretamente as páginas onde elas estão. Além dos periódicos, tem uma extensa coleção fotográfica e vários dossiês temáticos disponíveis para leitura.

 

2. Museu da Imigração (SP)

Localizado na extinta Hospedaria do Imigrante, possui o maior acervo brasileiro ligado à imigração. São vários documentos de imigrantes de diferentes nacionalidades. O Museu da Imigração permite que você busque certidões da entrada dos imigrantes no Brasil, além de possuir jornais, listas de bordo dos navios, mapas, fotos, cartões-postais e documentos administrativos.

 

3. Biblioteca Digital de Obras Raras e Especiais

Mantido pela USP, este projeto disponibiliza digitalmente obras das quais normalmente só ouviríamos falar. Alguns dos títulos incluem a Enciclopédia de Diderot (1778), um tratado de cirurgia de 1636 e um compêndio de medicina publicado no Brasil em 1814.

 

4. Museu Imperial (RJ)

Localizado em Petrópolis, o Museu Imperial possui um extenso acervo relativo ao Brasil Império, especialmente a D. Pedro II e sua família. Através do Projeto DAMI, foram digitalizados vários documentos textuais, mas também disponibilizadas fotografias em boa resolução das peças que integram o acervo, como jóias, roupas e mobiliário.

 

5. Arquivo Público do Estado de São Paulo

Disponibiliza um impressionante acervo de periódicos paulistas, além de documentos oficiais, fotografias, cartões-postais, livros e mapas. Requer cadastro gratuito para utilização.

 

6. Arquivo Público Mineiro

Possui vasto acervo iconográfico, fílmico e textual.

 

7. Museu Histórico Nacional

Disponibiliza uma galeria online, com fotos de resolução média, formada por pinturas, moedas, armas, mobiliário, brinquedos, esculturas, moda, objetos pessoais, entre outros.

 

8. Museu da Casa Brasileira

Possui dois conjuntos de acervo. O Arquivístico é formado por relatos de viajantes, inventários e testamento que servem como documentos sobre a história da casa brasileira. O Museológico é formado por objetos propriamente ditos, entre eles peças de mobília que datam do século XVII até a atualidade.

 

9.Instituto Moreira Salles

Acervo de música, fotografia e literatura. Possui significativa quantidade de  fotografias brasileiras do século XIX.

 

10. Real Gabinete de Obras Raras

Obras raras e periódicos brasileiros e portuguese do século XIX

 

11. Observatório Nacional

Obras raras relativas à Astronomia, Astrofísica e Geologia.

 

12. Biblioteca Nacional de Portugal

Disponibilizada partituras, inventários, mapas, fotografias, gravuras, pinturas, livros e periódicos tanto de Portugal quanto do Brasil Colônia.

 


About S.H. Destherrense

Somos um grupo de reconstrução histórica com sede em Florianópoolis-SC e vamos levar você em uma viagem no tempo pela nossa história.