Curry à moda vitoriana


A origem do curry, um prato apimentado celebrado na Índia e na Grã-Bretanha, não pode ser determinada com exatidão. Uma das teorias mais aceitas é que as duas receitas se desenvolveram simultaneamente, mas de forma independente, nos dois países graças às rotas de especiarias que ligavam a Europa à Ásia. Temperos exóticos como açafrão-da-terra e pimenta chegaram à Inglaterra a partir da conquista romana e das invasões árabes no continente europeu, tornando-se indispensáveis para a culinária medieval

O pó de curry, uma mistura elaborada de especiarias, é uma criação britânica do século XVIII, quando o “curry à moda indiana” se tornou uma tendência na culinária influenciada pelos interesses coloniais da Inglaterra na Índia, através da Companhia das Índias Orientais.

A primeira receita impressa aparece na edição de 1747 de “The Art of Cookery Made Plain and Easy”, de autoria da inglesa Hannah Glasse. A receita incluía apenas sementes de pimenta e coentro, com adição de arroz durante o cozimento. As especiarias mais icônicas, gengibre e açafrão-da-terra, foram introduzidas na edição de 1751. Com dezenas de variações regionais, o curry ensopado chegou até a Era Vitoriana como um prato muito apreciado pela classe média, mas visto com certa reserva pela nobreza e pela alta burguesia. Essa delícia apimentada seria reabilitada a partir de 1876, quando a Rainha Vitória foi proclamada Imperatriz das Índias e o interesse britânico naquela parte da Ásia foi renovado, com efeitos não apenas sobre a culinária, mas também sobre as artes decorativas.

Vamos às receitas?

[1774] Para fazer curry à maneira indiana

Ingredientes

  • 2 xic. de água
  • 800g de frango cortado em cubos e sem pele
  • 1 e 1/2 cebolas grandes, cortadas finas
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 1 colher de sopa de açafrão-da-terra em pó
  • 1 e 1/2 colher de sopa de gengibre em pó
  • 1 e 1/2 colher de sopa de pimenta do reino em pó
  • 1 colher de sopa de sal marinho
  • 1 xícara de creme de leite
  • Suco de 1 limão

Preparo

  1. Misture o açafrão-da-terra, o gengibre, a pimenta e o sal. Reserve.
  2. Em uma panela alta, ferva a água e acrescente os pedaços de frango. Cozinhe em fogo baixo. Escorra o caldo e reserve. Tire o frango do fogo.
  3. Aqueça uma panela larga. Derreta a manteiga e frite as cebolas por 3min.
  4. Acrescente o frango e refogue tudo até as cebolas ficarem douradas.
  5. Salpique a mistura de temperos sobre o frango. Mexa rapidamente para que o tempero se espalhe em todos os pedaços.
  6. Adicione o caldo aos poucos, usando uma colher de pau para remover qualquer pedaço de frango ou cebola que tenha ficado no fundo da panela. Cozinhe com a panela tampada, em fogo baixo, por aproximadamente 30 minutos.
  7. Quando o caldo tiver reduzido, mas as cebolas ainda parecerem úmidas, adicione o creme de leite e mantenha a temperatura, sem deixar ferver.
  8. Tire do fogo, acrescente o suco de limão e leve para a mesa.

A receita original indica que o curry deve ser servido acompanhado de arroz cozido.

Fonte: Art of Cookery Make Plain and Easy

 

[1861] Pó de Curry

Ingredientes

  • 100g de sementes de coentro
  • 100g de açafrão-da-terra
  • 50g de canela
  • 14g de pimenta caiena
  • 28g de mostarda
  • 28g de gengibre
  • 28g de pimenta jamaica
  • 28g de feno-grego

Preparo

A receita original aconselha que as especiarias sejam secas e moídas em casa, ao mesmo tempo em que garante que um pó comprado pronto também tem qualidade, além de ser uma opção econômica.

Fonte: The Book of Household Management

 

[1861] Carne ao Curry

Ingredientes

  • Fatias de carne cozida ou assada, sobras do dia anterior
  • 100g de manteira
  • 2 cebolas
  • 1 taça de cerveja
  • 1 colher de sobremesa bem cheia de pó de curry

Preparo

  1. Corte a carne em cubos.
  2. Refogue as cebolas na manteiga até que fiquem douradas.
  3. Adicione os outros ingredientes às cebolas e refogue em fogo médio, mexendo sempre, por cerca de 10 minutos.
  4. Caso fique muito seco, acrescente aos poucos um pouco mais de cerveja, caldo de carne ou água, mas não a ponto de se tornar um ensopado.
  5. Sirva em uma travessa funda, com as bordas guarnecidas com arroz cozido.

Algumas variantes vitorianas incluem a troca do frango por carne vermelha (de boi, cordeiro ou vitela, podendo ser fresca ou sobra de refeições anteriores) e também a adição de legumes (pepino, aipo, alho-poró) e frutas (maçã verde era muito apreciada pelo contraste de sabores). 

Fonte: The Book of Household Management

 

 

Compartilhe

About S.H. Destherrense

Somos um grupo de reconstrução histórica com sede em Florianópoolis-SC e vamos levar você em uma viagem no tempo pela nossa história.

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *