Resenha: “The American Duchess Guide to 18th Century Dressmaking”


Você provavelmente já conhece a American Duchess pelos sapatos: esta é a empresa que fabrica reproduções de sapatos de época com solados mais confortáveis e materiais ecológicos. É bem possível que você já tenha esbarrado com um deles no Pinterest e, assim como eu, salvado numa pasta onde guarda todas as referências que moram no fundo do seu coração:

american duchess colette boots

“Colette Boots”, um modelo eduardiano com botões laterais de verdade!

Lauren Stowell e Abby Cox são duas figuras conhecidíssimas no meio internacional da costura histórica, não só pela qualidade dos sapatos, mas pelo seu trabalho de pesquisa e confecção de peças históricas. Juntas elas mantêm o blog The American Duchess, que ao longo dos anos foi se tornando a principal fonte de informações sobre confecção de trajes femininos do século 18. Mais recentemente as autoras começaram se aventurar no universo da moda vintage (1920-1960) e se mostraram tão habilidosas quanto com os 1700s.

No dia 21 de novembro foi lançado o tão aguardado The American Duchess Guide to 18th Century Dressmaking, com a promessa de ser mais do quem livro de moldes históricos, como tantos que já existem (pense Nora Waugh e Janet Arnold). Promessa cumprida brilhantemente.

ESTRUTURA DO LIVRO

O livro está dividido em 5 capítulos e foi direcionado para quem deseja aprender a confeccionar os trajes à mão. Isso é explicado na introdução, de uma forma bastante leve, clara e encorajadora. Como o livro trata de trajes históricos, a ideia é que o leitor aprenda as técnicas historicamente corretas e todo mundo que já tentou pegar um traje do século 18 para fazer descobriu que é horrível de costurá-los na máquina.

Capítulo 1- Um breve tratado sobre as diferentes técnicas de costura de mão encontradas na época, com instruções por escrito e diagramas e indicações de onde usar cada tipo de ponto.

Capítulo 2- English Gown ou Robe a L’Anglaise (1740s). Materiais, Modelagem, montagem e acessórios.

Capítulo 3- Robe a la Française. Idem (1760s).

Capítulo 4- Robe a l’Italienne ou Italian Gown (1780s). Idem.

Capítulo 5- Round Gown (1790s). Idem.

Além desses capítulos, o livro traz apêndices com dicas de modelagem e ajustes, como fazer um molde de teste, fontes primárias citadas, livros adicionais para consulta e indicações de onde encontrar os materiais historicamente corretos. Aliás, pontos extras para as autoras que conseguiram manter a leveza da linguagem do blog, mesmo trabalhando com termos técnicos.

PONTOS FORTÍSSIMOS

Adaptações – As autoras tomaram o cuidado de ensinar a montagem das peças das costas dos trajes passo-a-passo, com instruções por escrito muito claras e fotos demonstrativas. Incluíram alguns atalhos e truques possíveis, adaptações em virtude do peso e das larguras dos tecidos (os antigos eram mais estreitos que os nossos). São coisas fundamentais tanto para quem trabalha com reconstrução histórica quanto para quem produz figurinos, profissionalmente ou por hobby, e muitas vezes esbarra nos problemas de tempo e orçamento.

Underpinnings – enquanto o livro não traz instruções para chemises ou stays (que por si só dariam um livro à parte), todos os outros underpinnings são detalhados e ensinados: pocket hoops, anáguas internas e externas, rumps…

Acessórios – eles são um problema na maioria dos livros de costura histórica, que costumam focar na roupa em si e esquecem do restante. Para cada traje ensinado, as autoras incluíram também tutoriais de acessórios como toucas, fichus, chapéus, luvas, chemisettes, sashs e até um turbante 1790!

PreçoThe American Duchess Guide to 18th Century Dressmaking está longe de ser um livro caro. Eu o considero até barato demais pela densidade do conteúdo, mas manter um preço acessível faz parte da proposta das autoras. Em comparação a outros títulos como a coleção “Patterns of Fashion”, ele é ridiculamente barato. Na Amazon, está disponível a partir de R$ 28.34 na versão digital para Kindle e R$ 82.00 na versão impressa. Comprei a versão kindle para avaliar o livro e definitivamente vou adquirir uma cópia física para ficar bonito na estante.

Foco em instruções diretas – as autoras se basearam em moldes já existentes, como os da coleção “Patterns of Fashion”, e por isso puderam se dedicar a questões objetivas na construção e montagem das peças. As citações de fontes da época foram deixadas para o final, o que deixou a leitura muito mais ágil.

Moldes ampliáveis – todos os moldes são apresentados dentro de uma grade otimizada para ampliação.

touca 1780s

Um dos moldes escalonáveis, uma touca do início dos anos 1780.

DO QUE EU SENTI FALTA?

Grand Pannier – A anquinha lateral mega volumosa é um ícone do século 18. Mesmo que os pocket hoops fossem muito mais utilizados no dia-a-dia, o pannier-gigante-prateleira-de-cotovelo era obrigatório nos trajes de Corte. Já que as autoras ensinaram a fazer o Robe a l’Anglaise, teria sido legal ver também a montagem dos panniers.

Chemise a la Reine – é outra peça icônica do século 18, graças à sua relação com figuras como a rainha Maria Antonieta. Ela começa como uma peça solta no corpo e vai evoluindo, ganhando costas e mangas ajustadas, até se tornar o Round Gown. Teria sido interessante para mim ver a montagem do forro da Chemise a la Reine, porque essa é uma questão que me incomoda.

Evolução dos Stays – uma página que abordasse a diferença de silhuetas de busto a partir dos tipos de stays do século 18 seria bem interessante e educativa. Só a título de ilustração mesmo.

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Vale cada centavo do preço e muito mais! É a primeira vez que esse tipo de conhecimento é sistematizado num livro só e com um preço acessível e uma abordagem tão legal para um tema tão complexo. MAS…

Definitivamente não é um livro para iniciantes. Além da barreira óbvia da língua, você precisa já ter um certo conhecimento de modelagem e costura para conseguir trabalhar com os diagramas e instruções do livro. Conhecimentos de moulage também são muito úteis, se não indispensáveis.

Se você está começando na costura histórica agora, talvez seja melhor primeiro acompanhar o blog The American Duchess e aprender algumas peças básicas (anágua, touca, fichu), antes de partir para algo mais complexo e até comprar o livro.

american duchess guide sample

Esse é o nível das fotos e instruções.

COMO COMPRAR

No site da Amazon você consegue inclusive ler algumas páginas da amostra do livro digital. É possível comprar e receber em casa e pagar em até 2x no cartão de crédito. Eu já compro livros na Amazon há algum tempo e estou bastante satisfeita com a rapidez na entrega e o cuidado no manuseio com os livros.

No site da The American Duchess você pode comprar uma cópia autografada. Sai mais barato que na Amazon, mas o tempo de entrega é muito maior.


About Pauline Kisner

Historiadora, fundadora da Sociedade Histórica Destherrense e sócia proprietária na Floripa Dazantiga -Roteiros Culturais. Apaixonada pelas histórias das coisas e pessoas comuns, acredito que a História pode ser aprendida de forma leve e divertida, para além dos livros e da sala de aula.